Pular para o conteúdo principal

Seminário para formação de Conselheiros Tutelares será promovido

Será  realizado nos proximos dias 01,02,03 de julho de 2011, o 3º Seminário da Região Metropolitana de Belém de Conselheiros Tutelares e ex-conselheiros do Pará. O evento ocorrerá  no auditório do Ministério Público, no Município de Ananindeua (PA), com o tema: O Conselho Tutelar e a efetivação da garantia de direitos humanos de crianças e adolescentes, na consolidação dos 21 anos do ECA.

O seminário promovido pela Coordenação Geral da Associação de Conselheiros e Ex-conselheiros Tutelares dos Municípios Paraenses e o Conselho Tutelar II, do Município de Ananindeua tem como objetivo formar pessoas para trabalharem como Conselheiros Tutelares e Conselheiros de Direitos e a Rede de Atendimento da Criança e do Adolescente.

Mais informações abaixo:

Contatos: Sanderson Brito: 91-8191-9648, Helennice Rocha – 91 9123-4024, Conselheiras de Ananindeua: Andréia-91-9229-6168, Anne: 91-9229-0126, Virginia: 91-9229-7140
Local: Município de Ananindeua/PA, no prédio do Ministério Público, sito a BR 316(em frente à passarela);
Data: 01,02 e 03 de julho de 2011;
Taxa de inscrição: R$ 35,00 reias por pessoa;
Alimentação e alojamento garantido

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Edital seleciona projetos de comunicação feita por Jovens

Fonte: MinC
Para incentivar os jovens a produzir comunicação e cultura em todo o país, o Ministério da Cultura distribuirá 60 prêmios, de R$ 14 mil cada, para iniciativas inéditas. Podem concorrer jovens entre 15 e 29 anos, incluindo estrangeiros que moram no Brasil há mais de três anos. O projeto investirá R$ 1,1 milhão para iniciativas em todas as mídias, de preferência em formato livre de licenças, feitas por jovens, para fomentar a cultura e revelar a diversidade do país.
Serão aceitos projetos em áudio, imagem, texto, vídeo e multimídia que não tenham tido financiamento direto e não estejam subordinados editorialmente a empresas de comunicação. As inscrições vão até 7 de novembro, por meio do site www.cultura.gov.br, ou pelo e-mail comunicadiversidade@gmail.com. Serão aceitas inscrições em vídeo e voz, de celular.
No lançamento, nesta quinta-feira (7/8), do edital do Programa Comunica Diversidade 2014: Edição Juventude, no Rio de Janeiro, o secretário de Políticas Culturais do Mini…

Quem disse que só mãe sabe cuidar dos filhos??

"São os ventos da mudança"...



E ainda falam mal da justiça juvenil

Quem alguma vez ouviu falar nos últimos anos de mutirão judiciário relacionado a adolescentes que cometem atos infracionais?? 
Lembrei disso ao ler reportagem sobre o mutirão judiciário que ocorre em todo  Brasil, e passou pelo Pará esta semana. As varas civil e criminal são as mais abarrotadas de processos, e isso não ocorre com frequência na Vara da Infância e Juventude dos estados porque o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), em seu artigo 183, define um prazo máximo de 45 dias corridos para a finalização de todo o processo de apuração do ato infracional, sendo improrrogável. 
E ainda falam mal do ECA!!