Pular para o conteúdo principal

Abertas inscrições do Curso de Formação para Educadores Sociais do UNIPOP

Muitos educadores sociais buscam oportunidades de discutir e se orientar quanto a boas práticas pedagógicas a favor do trabalho comunitário. Para colaborar no aperfeiçoamento dessas práticas que o Instituto Universidade Popular (Unipop)  abre inscrições para o Curso Anual de Formação Sociopolítica.

O curso será fundamentado na arte-educação e tem como objetivo alcançar um público formado por educadores sociais, universitários, lideranças comunitárias e religiosas, e assim fortalecer as ações já desenvolvidas por essas representações sociais. 

Quem participar irá desenvolver atividades com diferentes temas, como por exemplo, a relação do Estado com a Sociedade, uma Amazônia mais integrada e as possibilidades estratégicas para estimular uma gestão participativa e democrática da sociedade. O curso custa uma taxa de R$25,00 e terá a duração de três meses, com inicio no próximo dia 21.03 sempre as segundas, quartas e sextas-feiras. Ao final haverá entrega de certificado aos participantes.

Serviço:
Curso de Formação para Educadores Sociais
Inscrições até dia 14.03 n valor de R$25,00
Local: Sede do UNIPOP - Av. Senador Lemos, 557. Próximo a Praça Brasil.
Horário: 9h às 12h e das 14h às 22h.
Periodo do Curso: 21.03 a 22.06 sempre as segundas, quartas e sextas-feiras.
Maiores informações: 91-32249074 ou 32614260

Por Luciana Kellen - Blog ECA na Amazônia

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Edital seleciona projetos de comunicação feita por Jovens

Fonte: MinC
Para incentivar os jovens a produzir comunicação e cultura em todo o país, o Ministério da Cultura distribuirá 60 prêmios, de R$ 14 mil cada, para iniciativas inéditas. Podem concorrer jovens entre 15 e 29 anos, incluindo estrangeiros que moram no Brasil há mais de três anos. O projeto investirá R$ 1,1 milhão para iniciativas em todas as mídias, de preferência em formato livre de licenças, feitas por jovens, para fomentar a cultura e revelar a diversidade do país.
Serão aceitos projetos em áudio, imagem, texto, vídeo e multimídia que não tenham tido financiamento direto e não estejam subordinados editorialmente a empresas de comunicação. As inscrições vão até 7 de novembro, por meio do site www.cultura.gov.br, ou pelo e-mail comunicadiversidade@gmail.com. Serão aceitas inscrições em vídeo e voz, de celular.
No lançamento, nesta quinta-feira (7/8), do edital do Programa Comunica Diversidade 2014: Edição Juventude, no Rio de Janeiro, o secretário de Políticas Culturais do Mini…

Quem disse que só mãe sabe cuidar dos filhos??

"São os ventos da mudança"...



E ainda falam mal da justiça juvenil

Quem alguma vez ouviu falar nos últimos anos de mutirão judiciário relacionado a adolescentes que cometem atos infracionais?? 
Lembrei disso ao ler reportagem sobre o mutirão judiciário que ocorre em todo  Brasil, e passou pelo Pará esta semana. As varas civil e criminal são as mais abarrotadas de processos, e isso não ocorre com frequência na Vara da Infância e Juventude dos estados porque o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), em seu artigo 183, define um prazo máximo de 45 dias corridos para a finalização de todo o processo de apuração do ato infracional, sendo improrrogável. 
E ainda falam mal do ECA!!