Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho 27, 2010

A conclusão de uma fase e o inicio de uma próxima...

Minha conclusão da graduação em Jornalismo merecia um post em meu blog. Acredito na força de um curso superior na área, mais ainda depois da soma de conhecimento vinda de um processo de pesquisa que modifica minha visão sobre a própria profissão.

Com o título "A Amazônia por escrito: Representação, Vozes e Silêncios na Grande Imprensa Paraense", a monografia pesquisou os jornais O Liberal e Diário do Pará  durante o mês de janeiro de 2008. O objetivo foi avaliar de que forma esses dois meios de comunicação noticiam assuntos sobre a Amazônia e nos faz compreender a própria região. Foram 422 matérias selecionadas sendo 207 do O Liberal e 215 do Diário do Pará. Ao todo o projeto consumiu um tempo de nove meses, cheio de erros e acertos numa trajetória muito bem guiada pelo professor doutor Agenor Sarraf e na companhia de meu querido colega de sala - e Amigo pra toda a existência - Franklin Salvador.
Franklin e eu já depois da defesa A defesa foi no dia 17.06 com a presença em peso…

A lentidão de Xtina e seu "Bionic"

Eis que retorno a rotina deste meu queridíssimo espaço para comentar o novo álbum de Christina Aguilera: BIONIC.



Sim meus queridos, sou fã desta cantora norte america desde quando ouvi pela primeira vez “I Turn to you” do álbum “Christina Aguilera” (2000) e percebi a potencialidade de sua voz. Adoro vozes desse estilo e gradativamente fui querendo saber qual seria o próximo single, quais seriam suas parcerias e tudo mais que um fã de música (e não da “persona”) gosta de saber.
Desde o primeiro álbum de Xtina - há dez anos - muita coisa mudou. Ela mudou. “Stripped” (2002) – segundo álbum dela – é sua maior conquista musical. Em seguida veio o bom “Back to basic” (2006) e a coletânea Keeps Gettin´Better – A Decade of Hits (2008) e mesmo com desempenho variável nas paradas do mundo todo, todos eles renderam à Aguilera prêmios, turnês bem sucedidas e um nome forte na indústria musical.
Pois bem, aos onze anos de carreira Aguilera lança Bionic em meio a um cenário pop mais competitivo, princi…