Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2009

Desde quando criança existe?

Essa é a pergunta que fiz quando comecei a  questionar o por que do Brasil criar leis específicas para crianças e adolescentes ha menos de 100 anos. Descrevo uma situação para contextualizar:

Minha mãe e eu estavamos conversando um assunto qualquer após o almoço, quando a Duda passou entre nós duas bem no meio do discurso. Sim, ela só passou! E minha mãe exclamou a frase " no tempo em que eu era criança, mas quando que isso acontecia! Se eu passasse perto de uma conversa entre adultos o papai ou a mamãe davam um pescoção na gente que iamos parar longe, e nunca mais faziamos esse desrespeito!!". Aí a Rosa ( que cuida do meu filhote quando estou ausente em casa) completou descrevendo que a criança só podia passar por tras ou longe do grupo de adultos.
Provavelmente se meus avôs estivessem ainda aqui na terra, achariam absurdo a metade das coisas que faço e permito com meus filhos.


Dentro desse monte de coisa que pode e que não pode, ou deveria e não deveria fazer com as crianç…

Cobertura, Círio, erros e acertos.....

Duas alegrias o Círio deste ano me proporcionou: A primeira foi poder cobrir somente o sábado neste ano, já que muitos amigos e colegas se mataram cobrindo praticamente todas as procissões, e uma hora dessas devem estar exaustos!!; A outra alegria foi poder cobrir o fato em si. Claro que já fui a muitos outros Círios, mesmo não sendo católica, e sempre me emociona olhar o limite físico e espiritual que as pessoas podem chegar em nome da fé, e poder relatar midiaticamente tão grandioso evento é uma ótima oportunidade para re-ver as práticas no exercício da profissão.
Este ano trabalhei pela Radio Unama e, tirando a limitação de pessoal, todo mundo tentou se ajudar da melhor forma possível. Foram quatro entradas ao vivo, e nenhuma 100%!! Sabe aquela sensação de raiva por ter errado besteira?
Na minha primeira entrada consegui um personagem que em off tinha um discurso muito emocionado e articulado sobre a importância que Nossa Senhora de Nazaré tinha na vida dele. Combinamos tudo, acerta…

Correções e arrependimentos: Dificeis de assumir...

O quanto que a gente pode estar tolindo o direito do outro, movido simplesmente por nosso egoísmo? Essa pergunta veio em minha mente logo após ter lido uma matéria no site http://www.g1.com/ sobre mais uma criança, dentre muitas outras, abandonada dentro de um saco de lixo. Pra "engrossar" esse caldo, noticias de crianças assassinadas por parentes diretos, abuso sexual de menores de 18 anos, fora a já rotineira, e ainda natural, "discriminação textual" aos adolescentes em conflito com a lei na imprensa paraense.

Para balancear tanto bombardeio de egoismo, acabei de ver o filme de Clint Eastwood " A Troca", que fala sobre a luta de uma mãe para encontrar o filho desaparecido. Habitos a parte, o que move a personagem é sentimento completamento divergente ao de muitos pais e mães nos casos citados anteriormente, e serviu de reforço aos preceitos pessoais de amor e resignação.

Claro que não preciso de um filme para chegar a concluão de que, acima do fato de dar …

Com a mania de sugerir!

Férias de Julho em casa, com filho pequeno e pouca grana no bolso. Esse é meu cenário nos últimos dias, e não vejo com olhos negativos. Gosto de ser do contra nesse período de férias!! Mas não fujo do óbvio no que diz respeito a opção de entreternimento: Cinema em Casa! E é melhor ainda quando o filme é bom. Bom de verdade, mesmo com ressalvas.




Foto: Divulgação

Primeiro vi “O curioso caso de Benjamim Button”(The curious case of Benjamim Button, 2008). Filme dirigido por David Finsher (Seven - 1995, Clube da Luta - 1999 e Zodíaco - 2006 são ótimas referencias dele) é baseado em um conto homônimo que descreve a história de um homem que nasce com aparência de 80 anos e vai rejuvenescer a partir daí. A matéria prima da história é o tempo, hora nosso mártir, hora nosso companheiro. A vida do personagem é imaginária, mas que entrelaça com fatos históricos como o ataque a Pear Harbor até o furacão Catrina ocorrido em New Orleans (EUA), lugar alias onde é ambientada a maior parte da história. I…

As descobertas na infância...

Uso da camisinha? tão fundamental e cultural quanto escovar os dentes!!!!!
Em uma noite qualquer coloquei minha filha de 9 anos para dormir. Antes da prece ela puxa assunto com a pergunta:

"Mãe, como a gente tem filho?"

Expliquei como são os partos cesário e normal. Aí ela insistiu:

"Não mãe, como é que eles vão parar dentro da barriga da mulher!!!"

Aff, que sufoco!! Respirei fundo e peguntei primeiro se ela fazia idéia de como era, pra sondar o quanto teve acesso ao assunto proposto. Entre uma carinha envergonhada e um sorriso timido, ouvi a frase:

"É aquele negócio de sexo né mãe?!"

Bom gente, tive que responder as perguntas de minha filha depoois disso, claro, sem descrições detalhistas. Mas de um diálogo inicialmente temeroso por mim, terminamos o papo noturno com a confiança multua mais fortalecida. Ela terminou seus dizeres afirmando:

"Mãe, não vou ter filho. Dá muito trabalho! Quando eu fazer sexo, só vou fazer de camisinha!"

O que pra muitas de n…

Oscar 2010: Justiça ou raro momento de lucidez?

No ultimo dia 24.05 foi anunciada novas mudanças na premiação do Oscar. A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas decidiu que a partir de 2010, em vez de cinco, serão 10 finalistas para a categoria de Melhor Filme. A atitude resgata as origens da premiação, onde a categoria tinha um número maior de concorrentes selecionados. Além disso, determinou que na categoria de melhor canção original, só haverá seleção se um dos candidatos alcançarem a nota 8,25, de uma escala de 6 a 10.

Não é de hoje que a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas é o mártir de muitas injustiças em sua seleção anual dos melhores no mundo do cinema. O crivo da academia é motivo de muitas discussões, principalmente para os amantes e viciados pela sétima arte.

Tanto que ainda vejo o Globo de Ouro muito mais justo, tanto na divisão das categorias, quanto nos premiados. Mas parece que com essas mudanças o Oscar pretende melhorar a sua imagem!

Tão importante quanto ser premiado no Oscar é ficar entre os final…

O tributo!

Vendo e ouvindo as rádios e TVs nacionais na cobertura da morte repentina de Michael Jackson, ouvi uma coisa que me fez repensar essa condição: “engraçado como tem pessoas que parecem que não vão morrer nunca!” Essa era a idéia!

Parece ser tão injusto ele vir a desencarnar semanas antes de seu retorno aos palcos, quando milhões de fãs que não viveram ardentemente seu auge criativo, poderia testemunhar em loco o que os artistas pop mundiais imitam quase que religiosamente.

Escrever aqui sobre a morte de Michael Jackson parece “mais do mesmo”, mas como não destacar esse acontecimento do ano no mundo cultural??
Fato: Não haverá na história da humanidade mente tão criativa e revolucionária, e que foi fundamental para a configuração comercial da indústria musical na atualidade.

Além disso, nenhum artista, até então, navegou com tanta tranqüilidade por todas as classes sociais e diversidade cultural. De uma forma ou de outra, alguém tem um momento de sua vida marcada por sua música!
Que seja …

Eldorado na Cultura FM

Muitos momentos de aprendizagem pude usufruir em minha estada na Rádio Cultura FM. Além de ter conhecido pessoas importantes, inteligentes e caridosas do mundo da comunicação e da radiodifusão (qualidades nem sempre encontradas na mesma pessoa), assumi algumas responsabilidades que me permitiram construir e vivenciar acertos, e muitos erros! (muitos mesmo). Dentre o planejamento de atividades da emissora para datas especiais, fizemos um programa Matéria Prima especial sobre os 13 anos do Massacre de Eldorado dos Carajás, no último dia 17 de abril. Fiz uma parceria muito produtiva com a jornalista Christina Hayne, e com a importante colaboração também do nosso produtor musical Patrick Torquato. Além da também jornalista Lorena Filgueiras, com análises providenciais e sensatos em nossos rumos. Abordar o assunto e decodifica-lo para compor uma programação de rádio deu um trabalho enooorme!! Juntar as entrevistas dos personagens, fazer uma criteriosa pesquisa sobre o assunto e ainda ter que…

Cozinha VS Redação!!

Depois de muitas idas e vindas nas estâncias judiciárias brasileiras, no dia 17 de junho de 2009 foi julgada pelo Superior Tribunal Federal, em Brasília, a obrigatoriedade do diploma no exercício da profissão de jornalismo. Por 8 votos a 1, o STF decidiu não ser obrigatória o diploma em jornalismo para o exercício da profissão.

A briga sobre a constitucionalidade da exigência do diploma começou em 2001, quando a 16ª Vara Federal de São Paulo concedeu liminar (decisão provisória) que suspendeu a obrigatoriedade do diploma para a obtenção de registro profissional. Em 2005, antes de o caso chegar a instâncias superiores, a liminar foi revogada pela 4ª Turma do TRF-3. Em novembro de 2006 Gilmar Mendes, presidente o STF, garantiu o exercício da atividade jornalística aos que já atuavam na profissão sem possuírem graduação em jornalismo ou mesmo registro no Ministério do Trabalho.

O próprio presidente do STF foi o relator do processo, argumentando em seu texto que a exigência do diploma não …